04/07/2019 às 11h25min - Atualizada em 04/07/2019 às 11h25min

UniSociesc promove desfile de moda inclusiva no Jaraguá Park Shopping

http://www.ampesc.org.br/2018/unisociesc-promove-desfile-de-moda-inclusiva-no-jaragua-park-shopping/

Modelo @naayrosendo

Foto:@hauck_lu

O evento “Desfile de Moda Inclusiva – By Inclusão”  levou para a passarela montada no Jaraguá do Sul Park Shopping t-shirts inclusivas. Foram apresentados 20 modelos de camisetas que têm o propósito de promover a inclusão social por meio da sua estampa. Algumas camisas possuem estampas em libras, outras são estampadas em braile, com relevo, para que deficientes visuais consigam sentir a estampa. By Inclusão é uma marca de camisetas criada pela egressa de Educação Física da UniSociesc, Julia Esperança, e foca na moda inclusiva.

“O intuito do evento é sensibilizar a sociedade para mudança de mentalidade, romper com a homogeneidade e quebrar paradigmas. O sobrenome da nossa ex-acadêmica, Esperança, não é por acaso e abraça uma causa. Além de refletirmos como estamos lidando com a diversidade, também queremos colocar em discussão a maneira como estimulamos o desenvolvimento das potencialidades de pessoas com deficiência”, comenta Dilma Montagnoli, coordenadora do curso de Educação Física da UniSociesc Jaraguá do Sul.

Os modelos que desfilaram as camisetas são pessoas com algum tipo de deficiência. Uma delas é a Fabianne Alanna Volkmann, de 49 anos. Nascida em Blumenau, sua mãe engravidou na adolescência e, como era solteira, resolveu pôr o bebê para adoção. Com três meses, Fabianne foi adotada por uma família de Jaraguá do Sul.

Com o passar do tempo a família foi notando algumas diferenças em Fabianne. Quando chegou a época de começar a andar, perceberam que não firmava o pescoço, tronco e pernas. Levaram no médico e descobriram que ela estava com sequelas de uma meningite. Fabi, como é chamada, leva uma “vida normal” consegue fazer muitas coisas sem auxílio, como comer, se vestir e ir ao banheiro. Suas limitações se devem ao atraso no desenvolvimento motor, com dificuldades para andar e se equilibrar, fazendo uso de cadeira de rodas na maioria das vezes, mas anda com auxílio de andador e possui dificuldade na fala.

O desfile, aberto à comunidade, buscou promover e discutir a inclusão social na cidade de Jaraguá do Sul. Baseado em três pilares: moda, inclusão e educação, o evento pretende mostrar que a inclusão deve acontecer em todas as esferas da nossa vida. Toda verba arrecadada será destinada às entidades participantes: Apae, AMA e Ajidevi.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp